O PARLAMENTO PORTUGUÊS APROVOU EM 2018 O USO DE CANÁBIS PARA FINS MEDICINAIS.

À semelhança do que se tem passado em diversos países da Europa e do mundo, esta legalização permitirá que a maioria dos indivíduos possa ter um acesso regulado a esta terapia.

É, por isso, imperativo que sejam disponibilizadas informações válidas provenientes de fontes fidedignas sobre esta área emergente.

Estamos a trabalhar na criação de uma base de dados de artigos científicos referenciados e resumidos, disponibilizada através de um portal com uma ampla capacidade de pesquisa selectiva e navegação intuitiva.

Nesse repositório prentendemos centralizar informação sobre os avanços científicos relativos à canábis e às suas terapias. É nosso objectivo que brevemente estes recursos estejam disponíveis em vários idiomas.

O acesso a esta informação é gratuito mas, para que o projecto dataCANNAbase possa crescer, encorajamos os utilizadores, mediante o grau de satisfação resultante da avaliação da plataforma, a contribuir para o seu desenvolvimento.