O Parlamento Português aprovou recentemente o uso de canábis para fins medicinais.

Na senda do que se tem passado em diversos países da Europa e do mundo, esta legalização  permitirá que a maioria dos indivíduos possa ter um acesso regulado a esta terapia.

Entendemos como crucial que seja feita uma recolha, e respectiva classificação, de informações válidas de fontes fidedignas sobre esta área emergente.

O nosso objetivo é desenvolver um repositório multilingue de artigos científicos. Estamos a criar uma base de dados de artigos científicos referenciados e resumidos, bem como um portal com capacidade de pesquisa selectiva e navegação intuitiva. 

Pretendemos fornecer informações válidas sobre os avanços científicos relativos à canábis e às suas terapias e que em breve estes recursos possam estar disponíveis em vários idiomas.

 Entrar